12 fevereiro 2006
Astrobiologia
Um curso interessante sobre astrobiologia.

P.S. Uma adenda ao que foi aqui dito na secção de comentários sobre este curso. O link em cima permite ver as temáticas do curso e discordo que exista algum problema em fazer um curso de astrobiologia numa faculdade de medicina. O que faz um curso bom ou mau não é o sítio, mas sim a qualidade do curso e das pessoas que o dão. Também não vejo grande problema que o instrutor seja o Hojatollah Vali. O Vali é o professor associado no Departamento de Anatomia e Biologia Celular, mas a sua área de investigação está ligada aos meteoritos marcianos e a processos de biomineralização. Portanto, acho que é uma pessoa perfeitamente habilitada para dar um curso destes. Além disso, tem 4 assistentes para o ajudar e mais 12 convidados. Portanto, o nível de colaboração que existe no curso parece-me adequado para o curso em questão. O livro do Shostak é de facto o recomendado e pelo simples facto de faltar um k no nome do autor, não me parece que seja argumento para dizer mal. Aliás, nota-se perfeitamente que é uma gralha. Quanto ao nível que vão falar os convidados não sabemos, pois não vamos lá assistir às aulas. Agora parece-me óbvio que qualquer pessoa que faz um curso destes vai adaptar os seminários consoante o nível de audiência que tem, portanto, também não concordo com a crítica a esse nível. Quanto à questão das aulas de 50 minutos, sou favorável a aulas maiores de 2h30, mas aí cada instrutor segue o que acha melhor. Quanto a ser no Canadá concordo. Sobre as aulas em PPT é de facto uma falha na página, mas o comentário era sobre as temáticas, embora na altura tivesse visto um PPT do curso, que pode ser visto em PDF e pareceu-me interessante.
 
posted by Jose Matos at 19:45 | Permalink |


8 Comments:


  • At 1:27 da manhã, Anonymous Carlos Alien

    Discordo totalmente! Em 3 minutos a olhar prá pagina vi isto: Os prometidos powerpoints em PDFs das Lectures não existem. O instructor é do departamento de Anatomia e Medicina Dentaria.(?????) A Faculdade é de Medicina!! (???) O melhor livro do genero ke é o do Shostak, nem sequer Shostak está escrito correctamente! As aulas serão dadas em estilo Seminar, em que se tem varios convidados e cada um falará da sua especialidade (I wonder se há uma ligação feita pelo instructor nas aulas sem convidado). Ou seja, os convidados vão falar para nível de graduate ou upper-division undergraduate, enquanto o livro recomendado é para undergraduates sobretudo do nivel de non-science majors. Há aqui uma contradição no publico-alvo. Aulas de 50 minutos também nao sao muito eficazes. A unica coisa boa é ser no Canadá, já que a grande (enorme) maioria dos cursos de astrobiologia (que até nem sem muitos no seu total) sao dados nos States e na UK. Curiosamente, pelo que tenho visto, muitos dos cursos de astrobiologia são, como direi, não o que seria ideal.

     
  • At 3:19 da tarde, Blogger Jose Matos

    Eu estive a ver alguns PPT que estão disponíveis não me pareceram maus. Agora é verdade que muito material não está on-line.

     
  • At 7:20 da manhã, Anonymous Carlos Alien

    Zé, não me digas que esta é mais uma das tuas "saídas" como sobre o Galileu...
    Como disse atrás, há uma carrada de caracteristicas ke nao batem certo.
    Resolveste te concentrar somente nos PPT.
    No caso especifico dos PPT, temos ke na front page diz ke os PPT das Lecture estao na pagina.
    O ke se vê é ke há 37 lectures, somente 8 delas é ke realmente têm uma pagina propria, e destas só 2 é ke têm PPT disponiveis.
    2 em 37! Cumpre menos que os politicos! :P (e não, nem seker tive paciencia para ver os powerpoints)
    Se estou errado nalguma coisa ke disse (de tudo o ke disse neste e no outro comentario), diz-me especificamente onde.
    Com tanta coisa ke nao bate certo, axo ke a tua noticia devia ser: como nao se fazer (uma webpage de) um curso numa faculdade.

     
  • At 2:59 da tarde, Blogger Jose Matos

    Carlos

    Como sempre exageras nas tuas análises. Não podes ser tão precipitado, senão corres o risco de ser injusto. Já meti uma adenda no post, com as minhas discordâncias em relação ao teu comentário.

     
  • At 11:19 da tarde, Anonymous Carlos Alien

    Ze, discordo a 100%!
    Se houve exagero foi da tua parte no primeiro post. Já esta adenda... bem, é que nem sei por onde começar.
    Pontos previos:
    1 - é excelente que haja mais um curso de astrobiologia. Sou totalmente a favor de cursos que integrem varias ciencias.
    2 - É excelente que seja fora do dominio USA - UK.
    3 - É excelente o prof., ao notar que nao sabe o bastante, tenha tido o cuidado de convidar pessoas que eventualmente saibam muito mais do ke ele nessa área. É nitidamente um ponto a favor.
    Pontos criticos:
    1 - Nao podes dizer que o curso (o curso! o overall!) é interessante quando a unica coisa ke afinal axas interessante é 1 powerpoint!
    2 - Ainda a semana passada corrigi um site de faculty de cá, ke me pediu pra ver se eu via gralhas (nao foi só a mim ke pediu, como é obvio) e eu vi varias até. Este site com prof., 4 TAs, mais uma data de guests e por fim os alunos, consegue produzir uma gralha logo num nome bastante conhecido. É ke ng deles deu por nada? Isto revela, no minimo, falta de cuidado.
    3 - A tua adenda só revela ke nao sabes o que sao TAs (assistentes). Os TAs sao graduate students ke precisam de dinheiro, e muitas vezes nem seker sao allowed a ter contacto com os alunos. Muitas vezes limitam-se a tirar fotocopias e a corrigir testes. Os outros...há de tudo. O ter 0, 1, 2, 3 ou 4 TAs nao contribui para se ver se o curso é bom ou nao.
    4 - A área do professor tb nao prova nada. Quando a especialidade é demasiada até é prejudicial. Vai perguntar ao departamento de Biologia, quantos é que estudaram astronomia ou geologia ou algo do genero em detalhe.
    Mas pronto, tb devido a isso, o prof. teve a sensatez de levar o curso mais para a area biologica. Ao faze-lo, ter-se-à eskecido da geologia, planetary science e assim. Sao escolhas. Mas lá tá, a especializaçao dele pode levar a vantagens e a limitaçoes.
    5 - Diz na front page ke as paginas tao disponiveis e os PPT tb. Bottom line é ke Nao tao! Nao sei se é porque o curso é de 2004 e ele já quebrou os links. Pode ser ou nao ser. Agora, o facto é ke nao podes ver um PPT e dizer ke o curso é interessante. 1 PPT em 37 possiveis!
    6 - Continuo sem saber o publico-alvo e até se teve alunos ou nao!
    7 - O facto de ser numa faculdade de medicina é importante, pk se até numa univ. como na UT (com faculdades de biologia, astronomia, geologia, quimica, etc) há problemas em arranjar alunos para estes cursos, numa faculdade ke nem é de astronomia, biologia nem nada, ainda há mais problemas.
    8 - E há problemas porque sao os alunos que escolhem os cadeiras que querem (o que é bom!) dentro da ciencia.
    9 - Logo, se sao alunos de doutoramento, que têm uma especializaçao definida, não vao escolher uma cadeira destas. Porquê? Porque a cadeira tem outras ciencias que os alunos se estao completamente maribando. É muito mais logico e inteligente escolherem uma cadeira ke tenha a sua especializaçao a fundo.
    E se o publico era alunos de doutoramento, entao o livro do Shostak nao faz sentido.
    10 - Se o publico-alvo eram alunos de licenciatura, sendo a cadeira de upper-division, entao o livro do Shostak faz sentido. O ke nao faz é tantos guest-speakers de outros lados. Porque? Pk os convidados sao pagos, e para teres estes fundos dados pela univ. tens ke ter razoes fortes, ke nao passam para apresentares uma pessoa menos de 1 hora a uns alunos de licenciatura. A nao ser ke a faculdade dele nade em dinheiro ou ele tenha arranjado um estratagema qq ke eu nao teja a ver.
    11 - O livro tb faz todo o sentido se sao non-science majors, mas aí é ke de certeza a faculdade nao te dá fundos para guest-speakers!
    12 - O que me parece com tanto guest-speaker é que esta cadeira seria para ser dada em estilo seminario, em que o nivel do publico-alvo pode ir de upper-division, passando por graduate, até faculty. E aí sim, podes conseguir fundos para os guest-speakers. E assim faz sentido ter por base o livro do Shostak, pk mesmo a faculty é tao especializada ke normalmente nao tem conhecimentos aprofundados do ke se passa no outro lado. Mas lá tá se é pra ser um seminario (que é o ke me parece mais logico tendo em conta o ke disse para tras) nao percebo o pk dos testes.
    Ou seja, pura e simplesmente nao entendo. Como nao entendo, nao posso achar interessante. Mas uma coisa sei: é ke as razoes ke puseste na adenda mostram que nao tens noçao da dinamica universitaria por cá ;). Nem tens ke ter. Nem seker tou-te a criticar por isso! Simplesmente critiquei o teres utilizado a tecnica pseudo de veres uma simples coisa (1 PPT) e axares ke o todo reflecte essa coisa ;)
    um abraço

     
  • At 4:59 da tarde, Blogger Jose Matos

    Ora aqui temos nós uma discussão interessante.

    1- Concordo contigo.

    2- Também concordo

    3- Sim acho que sim, embora o Vali seja um homem da área da astrobiologia.


    Pontos Críticos

    1- A minha apreciação foi feita em 1º lugar com base nas temáticas. Acho que estão bem estruturadas para o curso em questão. Depois vi o PPT e achei interessante o que vi. É claro que os outros PPT até podem não ser tão interessantes, mas isso só saberemos quando eles estiverem on-line.

    2- Não concordo contigo neste crítica. Quem fez o site pode obviamente ter cometido uma gralha no nome, que foi apenas o esquecimento de uma letra no nome. Depois se olhares para o Syllabus do curso que está em Word no cimo da página notas que o nome já está bem escrito. Portanto, de uma simples gralha fazes logo uma tempestade sem sentido.

    3- Não sabes (como eu também não sei) qual é a relação dos assistentes com o curso e com as aulas? Nem sequer sabes se eles têm contactos com os alunos ou não? Só falando com a Vali ou com alguém que andou no curso é que podemos saber qual é o grau de envolvimento dos assistentes. Portanto, não alinho nessa crítica, que eles só lá estão para tirar fotocópias e corrigir testes. Pode ser que sim, mas também pode ser que não?

    4- Eu acho que o Vali tem currículo suficiente para dar um curso de astrobiologia. Também não concordo quando dizes que ele levou o curso para a área da biologia. Se olhares para o tópico 2, 3 e 4 vais ver que ele também tem planetologia. Acho que os temas estão bem equilibrados e o curso bem pensado.

    5- Aí o que posso fazer é dizer ao Vali para meter lá o resto dos PPT e aí veremos se o resto é interessante ou não.

    6- É uma questão de perguntar ao Vali. Vou ver isso.

    7- Não vejo problema nenhum nisso. Acho que o curso pode até funcionar numa Fac. De Filosofia e ter alunos. Tudo depende da divulgação que é feita do curso.

    8, 9 – Se não sabes qual é o público-alvo não adianta estares a especular sobre isso. Não sabemos que tipo de alunos andou no curso.

    10, 11, 12- Eu acho que os convidados enriquecem o curso. E se ele não tivesse dinheiro para lhes pagar certamente que não os tinha convidado. Portanto, o problema do dinheiro para aqui não é um problema nosso nem nos diz respeito.

    Agora por falar em técnicas pseudo acho que ages da mesma forma, pois sem saberes o público-alvo, nem saberes o currículo do Vali, nem saberes qual é a relação dos assistentes com os alunos ou por uma simples letra no nome de autor de um livro fazes uma crítica acutilante contra um curso que conheces mal. Por isso é que eu digo que tudo é isto é pura precipitação da tua parte.

    Um abraço

     
  • At 12:15 da manhã, Anonymous Carlos Alien

    Zé, das duas uma: ou não sabes ler portugues, ou então tás de má-fé! Eu digo A e tu dizes que eu disse B, mostrando depois ke tens razao por dizeres tu o A. Já nem é só pseudociencia, é mentir descaradamente.
    1 - Nao critiquei o powerpoint. Critiquei-te a TI por dizeres que o curso era interessante a partir de 1 powerpoint! 1 em 37! Isto é estatistica de pseudo.
    O que eu disse e torno a dizer é que não podes retirar conclusoes de 1 powerpoint para todo o curso!
    2 - O erro no Shostak, volto a dizê-lo, é falta de cuidado! Tanta pessoa a ler o site (assistentes e nao sei o ke) e ninguem vê um erro tao facil?
    3 - Eu nao disse que eles só estao a tirar fotocopias e a corrigir testes. Disse que a maioria faz isso. Logo, REPITO, dizeres que o curso é interessante (com "nivel de colaboraçao apropriado") porque tem 4 assistentes, quando NAO sabes o que eles fazem, é claramente uma interpretaçao erronea da tua parte! Agora vens dar o dito por não dito e vens dizer o que EU disse como se fosse critica a mim! Enfim!
    4 - Vali. O topico 3 não é dado por ele. Os outros é sobre formaçoes que se dá em Intro à Astro ;).
    5 - Problema é de divulgação? LOL + palavras para quê? Pronto Zé, ao menos fizeste-me rir.
    6 - Claro que tenho que saber em primeiro lugar o publico-alvo. O meu ponto é precisamente esse!!! Se não sei, nao posso achar o curso interessante ou nao! Achas que livros de pintar planetas é aconselhavel em aulas de 1º ano de astronomia? É um exemplo extremo? é! Mas é pra ver se percebes que não podes dizer que um livro de pintar planetas é interessante se nao souberes a quem se destina. Depois expus varios cenarios para ver se em alguns deles faria sentido dizeres que este é um curso interessante (no exemplo acima seria no infantario!) e guess what? Nenhum desses cenarios parece compativel com o curso. Logo continuo sem saber o publico-alvo. Nem eu nem tu. Logo, é precipitado TU dizeres que é interessante se nem sabes a quem se destina.
    7 - O problema dos convidados não é meu. Ele convida quem quiser. O que eu disse é que não faz sentido ter convidados em varios cenarios. E só especulei sobre cenarios como critica ao teu post.
    8 - Quanto ao que dizes no final, é a tal má-fé, só pode! Ou entao nao sabes ler! Porque o que eu disse em cima (como podes voltar a ler!) é que TU não podes dizer que o curso é interessante sem saberes o que fazem os assistentes (e foste tu ke na adenda falaste neles como se ter mais assistentes kisesse dizer melhor curso!), sem saberes o resto do curso (axaste o curso interessante por 1 PPT...em 37!), sem saberes em kê ke o curriculum dele limitou o curso (LE NOVAMENTE: eu disse ke o curriculum tem vantagens e limitaçoes para um curso destes, mas nunca pus em causa o curriculum dele!), e sem saberes o pk do erro em Shostak ter passado despercebido (se calhar nao houve alunos e nao houve necessidade de andar a ver se há erros! sei lá! Eu não sei! E como não sei, não digo que o curso é interessante!).
    Enfim, não tava à espera que mentisses deliberadamente sobre o que eu disse..........
    um abraço

     
  • At 2:35 da tarde, Blogger Jose Matos

    Carlos

    Bem o que cada um disse está aqui escrito e todos podem ler e ver quem trocou mais o quê?

    Como podes calcular não gosto dessas tuas tiradas sobre pseudo ciência, pois acho que isto é uma discussão séria e não estou aqui para brincar com as palavras. Mas já estou habituado a esses teus exageros. Portanto, vamos ao que interessa.

    1- Já te disse várias vezes (pelos vistos não leste o que eu escrevi) que a minha avaliação do curso foi feita em 1ª lugar com base nas temáticas que vi e não com base num único PPT. É óbvio que se fosse apenas com base num PPT estava a ser muito parcial. Portanto, o curso pareceu-me interessante pelas temáticas e depois vi o PPT e gostei do que vi, agora não disse que os PPT eram todos bons, pois não conheço os outros.
    2- O erro do autor livro é uma gralha insignificante e não acho justo a crítica que fizeste ao curso com base nela. Pois no teu primeiro comentário é ideia que dás é de que pelo facto de haver uma gralha no nome do autor isso não é bom sinal para um curso de astrobiologia.
    3- Olha o que eu escrevi foi o seguinte: “Além disso, tem 4 assistentes para o ajudar e mais 12 convidados. Portanto, o nível de colaboração que existe no curso parece-me adequado para o curso em questão”. Ora quando digo que o nível de colaboração é adequado refiro-me a assistentes e convidados. Parto do princípio que os assistentes não estão lá apenas para tirar fotocópias e corrigir testes, mas mesmo que estivessem lá só a fazer isso, continuava a considerar o nível de colaboração adequado, pois existem 12 pessoas convidadas para participar no curso e que dão aulas no curso. Portanto, espero que este ponto fique bem esclarecido, pois não gosto de pequenos truques com palavras em que tiras uma parte e só falas dos assistentes como se a colaboração dissesse apenas respeito a eles.
    4- Quando digo que o Vali tem currículo para dar um curso de astrobiologia não é no sentido de que ele vai dar as aulas todas, mas sim de que tem currículo para ser o frontman de um curso destes como é o caso. Se calhar não devia ter usado a palavra “dar”, mas antes assumir ou coordenar. Mas é neste sentido que o digo. Ele tem currículo para ser o principal instrutor. Como também tem o bom senso de chamar outras pessoas para dar as aulas que não são da área dele.
    5- Em relação a este ponto não tenho ainda informação suficiente para saber a quem era dirigido o curso. Agora penso que além da questão do público-alvo, um aspecto deveras importante a divulgação da iniciativa. Se o curso é mal promovido concerteza que não vai atrair muita gente.

    6- Mais uma vez te digo que achei o curso interessante pelas temáticas sumariadas. É óbvio que o curso é para gente universitária e embora não sabendo o público-alvo é óbvio que é para gente universitária com algum nível de conhecimento sejam eles simples estudantes ou já licenciados. Agora seja para estudante, seja para a gente já licenciada, o curso tem interesse se olharmos apenas para as temáticas que é aquilo a que temos acesso. A forma como depois essas temáticas foram dadas é que é algo que me escapa a ti e a mim e presumo que o grau de abordagem das mesmas, tenho sido adequado em função do público-alvo. Mas isso é algo que eu não estou analisar. Ou seja, eu não disse que o curso foi bem dado e que por isso foi interessante. O que eu disse é que em função das temáticas sumariadas, me parecia um curso interessante e bem estruturado. Apenas isso nada mais. Bem, e o PPT que vi também me pareceu interessante e acessível.

    7- Ao contrário de ti considero os convidados uma escolha acertada, ou melhor dizendo uma escolha com sentido, pois permitem dar matéria que escapam a área do Vali. Portanto, não percebo isso dos vários cenários?

    8- Carlos o teu primeiro comentário diz assim: O instructor é do departamento de Anatomia e Medicina Dentaria.(?????) A Faculdade é de Medicina!! (???) O melhor livro do genero ke é o do Shostak, nem sequer Shostak está escrito correctamente!”
    Ora eu interpretei isto como um ataque à credibilidade do Vali para ser o instrutor principal de um curso de astrobiologia. E qualquer pessoa que lê isto é capaz de interpretar da mesma maneira. Ora se isto não é um ataque à credibilidade do instrutor então o que é? Se dissessem isto de mim ia interpretar como um ataque à minha credibilidade para dar um curso de astrobiologia. Acho difícil encontrar outra explicação?
    A questão dos assistentes já foi explicada noutro ponto e espero que fique bem explicada. Quanto à história das mentiras felizmente que os blogues guardam aquilo que a gente escreve para toda a gente poder ler. Mas tenho pena que digas isso, pois era escusado esse tipo de acusações.

    Um abraço